Blog da Galera: 3 métodos caseiros pra aliviar a cólica menstrual

Olá! Aqui é a Aniké Pellegrini mais uma vez e eu trouxe um tema bem comum e que nos incomoda bastante todo mês: a cólica menstrual. Sei que tem garotas sortudas que não sentem tanta cólica, mas também tem algumas meninas com dores tão fortes que até precisam tomar remédios para melhorarem.

A cólica pode vir tanto durante a menstruação, que é o caso mais comum, quanto um pouco antes, na TPM (tensão pré-menstrual). Para quem não sabe, a dor é resultado da difícil oxigenação em partes do útero, devido a contração do órgão.

“Sem útero, sem opinião” (GIPHY/Reprodução)

O método mais usado para combater cólicas menstruais é o uso de remédios, que são práticos e se encaixam ao dia a dia dinâmico e corrido. Porém, remédios podem causar efeitos colaterais e não são sempre tão necessários assim. Hámeios naturais e bem menos invasivos para amenizar a dor!

1. Exercícios físicos
Principal forma de produzir e liberar endorfina, substância química de grande poder analgésico que ameniza dores. Yoga é uma atividade excelente, porque além de estimular produção de endorfina, também conta com posições que aliviam a dor ao confortar o útero. Algumas delas são bem fáceis, como “A Criança” (Balasana) ou “Posição do Alfaiate” (Konasana).

2. Alimentação
Uma boa alimentação é a chave para o sucesso do corpo, né? E alimentos ricos em potássio, magnésio e vitamina B6 (melancia, morango, kiwi, pêra, tomate) reduzem a retenção de líquidos e, consequentemente, a sensação de inchaço. Alimentos com ácidos graxos (omega 3, 6 ou 9) possuem função anti-inflamatória, como é o caso do abacate. Vale a pena investir um pouco na alimentação e alcançar resultados valiosos!

3. Bolsa de água quente
Compressas térmicas, termogel ou um simples pano passado a ferro podem ser os principais aliados quando a cólica bate, porque além de serem fáceis de usar e manusear, eles aquecem, fornecem conforto e também relaxam a musculatura. Banhos quentes funcionam da mesma maneira, mas o difícil é depois sair do banho!

 (iStock/Reprodução)

Estas três maneiras podem ser encaixadas na rotina e ainda dispensam o uso de remédios farmacêuticos, evitando tanto a dependência sobre o remédio quanto a perda da eficácia dele. São simples, sustentáveis e benéficos para o corpo, além de poderem ser adotados por todas. Tente também!

Beijos,
@keke_bp

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *