Blog da Galera: entrevistei Érica Imenes e Babi Dewet sobre k-pop

i, oi! Aqui é a Aniké Pellegrini e dessa vez eu trouxe um tema que está fora da minha “bolha”, porque acredito que temos que sair da nossa zona de conforto e conhecer coisas novas. Neste caso, conheci k-pop e o Ressaca Friends. O festival acontece anualmente e já é um dos maiores pontos de encontro dos fãs de anime, mangá e cultura pop em geral, que vem ganhando cada vez mais destaque e visibilidade, aumentando e diversificando as atrações.

A última edição do evento, realizada em 16 e 17 de dezembro, contou com a presença do Wendell Bezerra, o dublador dos personagens Goku e Bob Esponja Calça Quadrada. Além disso, também teve as autoras do livro “K-POP: Manual de Sobrevivência”. O Ressaca Friends tem aberto caminhos para o K-Pop estar presente não só em São Paulo, mas também no Brasil e América Latina toda.

A Érica Imenes e a Babi Dewet me contaram um pouco sobre o evento e o que rolou por lá. Confira!

Aniké: Como é saber que vocês estão em um dos maiores eventos multitemáticos de entretenimento das Américas?

Érica: Surreal! A marca Anime/Ressaca Friends tem um peso absurdo pros fãs de cultura japonesa e geek há anos e a Maru Division (produtora responsável pelo festival) abriu um espaço sem precedentes pra que a gente pudesse incorporar o K-Pop e a cultura coreana com mais cuidado e carinho. Isso é incrível!

 (Reprodução/Instagram)

Aniké: Esse foi o primeiro ano que teve K-Pop, mas vocês planejam seguir com essa proposta?

Babi: Já rolava K-Pop no evento há um tempo, mas somente com uma sala temática. Em 2015, conseguimos trazer um grupo sul-coreano (o CROSS GENE), mas só agora, sob nova direção, que surgiram novas ideias pra aprofundar o tema. Um exemplo disso é o KPAPO, onde reunimos vários profissionais diferentes e fãs influentes no nicho de K-Pop, pra abordar tópicos relevantes (e até polêmicos) de uma forma mais plural. Já queremos uma turnê com o KPAPO, pra levar essas discussões pra todos os cantos do Brasil.

Aniké: E esse evento é só para amantes de K-Pop?

Érica: Muito pelo contrário! O festival todo sempre recebeu a galera do rolê nerd, otakus, público que curte o Japão. Ainda estamos engatinhando, mas bem otimistas sobre o que aguarda os fãs de K-Pop já na próxima edição do Anime Friends 2018, em julho.

Aniké: Qual foi o principal acontecimento dentro do Ressaca nesse ano?

Babi: Bom, pro público de K-Pop foi uma programação cheia. Tivemos uma palestra sobre o livro “K-POP: Manual de Sobrevivência” comigo, a Érica e a Naty Pak (fundadora do maior portal de cultura coreana no Brasil), o próprio KPAPO que juntou nós três a convidados jamais vistos juntos em um palco antes, como o jornalista José Norberto Flesch e os youtubers Cevs, Richardson Hotz e Codyzitos. Também teve balada K-Pop ao fim do dia e o novo concurso de covers, que foi completamente repaginado, com premiação em dinheiro. A galera não teve tempo de respirar, mas curtiu o tempo todo!

Beijos,
@keke_bp

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *